Google+ Followers

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O dia que o mundo acordou



(Foto Internet)
 

Um dia o mundo acordou
Num novo começo desperto
Caíam pétalas de luz
Choviam gotas de sol

Nesse dia cantou o falcão
Que sobrevoou a terra e o mar
Cantando o hino do ser
Cantando o hino do amor

O dia que o mundo acordou
Nasceu emergindo da luz
E o povo saiu à rua
Amando, rindo e cantando

Nesse dia o mundo acordou…

2 comentários:

  1. Sim, talvez o mundo acorde num dia qualquer, talvez aí o ser humano entenda a verdadeira razão de estar aqui, de partilharmos todos o meu espaço e o mesmo mundo. Gostei.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito daquele soneto.

    Também gostei do momento em que o mundo acordou... caem pétalas de luz... chovem gotas de sol... Bonito.

    Beijo

    ResponderEliminar