Google+ Followers

terça-feira, 9 de maio de 2017

Apetece-me amar



Hoje apetece-me amar

Talvez sentir amar mais do que falar

Apetece-me calar a razão fria

e entregar-me ao amor

Eternizar o orgasmo

mesmo no sono inconstante


E amar-te

mesmo no fim do cansaço

Hoje, agora, apetece-me amar

Mesmo depois do ontem

Mesmo sem o amanhã

Até que nasçam lírios no céu