Google+ Followers

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Silêncio




Há uma beleza inata nas palavras do silêncio,
como se de repente eu não precisasse de nada
se não desta brisa salgada que me enche o peito
e me faz esquecer que existem palavras

E este silêncio que faz de mim um poeta vazio
Refúgio incondicional de tudo o que vivo
Que me leva à condição de ser
Sem saber aquilo que sou

Amo a beleza do silêncio
A ignorância do vazio


12 comentários:

  1. Olá Rita.
    Gostei muito deste teu poema, Silêncio. Parabéns.
    Abraços. Pedro

    ResponderEliminar
  2. Tantos são os silêncios
    e os vazios cantados

    ResponderEliminar
  3. por vezes os silêncios
    são ruídos ensurdecedores

    este será um silêncio inspirador

    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  4. Depoimento maravilhoso a inundar de encanto a vazies do silencio antes só percebido pela maresia. Te convido para conhecer a nossa www.hellowebradio.com ... você. Vem!
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  5. Pensei sobre isso nestes dias em que estive no interior perdido, em que o horizonte se perde no nosso olhar (tal com o Oceano...).

    Escrevi sobre isso, Rita. Disse entre outras coisas, que o nada ganha mais espaço...

    abraço

    ResponderEliminar
  6. Lá diz o velho ditado que o silêncio é de ouro.
    E silenciosamente vou saindo, encantada com o seu lindo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  7. Unas palabras realmente bellas, la imagen muy bonita y sugerente tambien, saludos y feliz semana.

    ResponderEliminar
  8. O silêncio é que nos faz preencher o vazio que temos no coração. Um belíssimo poema com uma excelente imagem, Rita.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. É aquele silêncio que acalma e nos lava a alma.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Olá, querida Rita!

    Fico silenciosa, perante palavras tão poeticamente bonitas. Obrigada!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  11. gostei muito do que li.
    Lembrei Maria Guinot :Às vezes é no meio do silêncio
    Que descubro as palavras por dizer
    É uma pedra
    Ou um grito
    De um amor por acontecer.
    Abraço*

    ResponderEliminar