Google+ Followers

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Vidas






Vidas opacas que se cruzam e descruzam
Reflectidas em espelhos do tempo
Vidas que atravessam dimensões
Vidas infinitas no tempo

Vidas Finitas na matéria, Paralelas no tempo,
Vidas que vivem a cada respiração
Que amam na carne perecível
E se afundam no alucinar da mente

Vidas que sobrevivem
Para viver

3 comentários:

  1. 'Não podemos fazer muito sobre a extensão de nossas vidas, mas podemos fazer muito sobre a largura e a profundidade delas.

    Bjos.

    ResponderEliminar
  2. A vida é, realmente, finita na matéria, mas há que ser desenvolvida em caminhos cuja escolha nos pertence.

    Obrigada pela visita, que tenho prazer em retribuir.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. As pequenas consciências piscam o olho,
    as grandes lançam raios.
    Se não há nada que brilhe debaixo da pálpebra,
    é que não há nada que pense no cérebro,
    é que não há nada que ame no coração."

    -Victor Hugo-

    Feliz semana com amor e paz!
    Beijos no coração...M@ria

    ResponderEliminar