Google+ Followers

terça-feira, 28 de julho de 2015



Sento-me no muro da praça azul e por entre as árvores da avenida, entre a estrada e o mar observo a vida passar. São pessoas anónimas (ou não), seguindo pelo asfalto escaldante num rodopio frenético que as faz transpirar cansaço, esquecidas que estão de viver.

E nesse observar desligado dou por mim recolhida da vida, presente no marasmo das horas que o verão da ilha me leva.


Vejo pessoas passar, silenciosas e sós.

E não existe nada, para além de mim a sós comigo.

    

12 comentários:

  1. mas, por vezes é bom estar sós connosco e dialogar sem palavras.
    um estado de alma.
    Uma boa semana e um
    Beijo
    :)

    ResponderEliminar
  2. São as correrias da existência. Mas, mesmo no meio das correrias por vezes encontramos momentos de ternura.

    Felicidades
    MANUEL

    ResponderEliminar
  3. Ficar só e em silêncio, às vezes é bom para trazer paz à alma.

    ResponderEliminar
  4. Uma reflexão interessante.
    Até porque há cada vez mais pessoas solitárias e a transpirar de cansaço.
    Rita, tenha um bom resto de semana.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Palavras certas, estas, que dizem o silêncio que se nos pega à pele em certos momentos...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Ritinhamiga

    És uma minina bué fixe! E escreves muito bem. Com muito sentimento. Cito: (...) E não existe nada, para além de mim a sós comigo. Excetente. parabéns

    Qjs do cota alfainha

    ResponderEliminar
  7. ADENDA

    Tal como fiz com a Cherryamiga, venho pedir a tua colaboração para difundires a TRAVESSA à tua malta. Gostarei ver por lá toda essa "quadrilha" a fazer comentários... Obrigado

    + qjs

    ResponderEliminar
  8. Olá, querida Rita!

    Espero k este teu fantástico texto não corresponda à realidade, pke VIVER é excelente.
    É verdade k há pessoas acompanhadas k se sentem, terrivelmente, sós, embora o contrário não seja a mesma coisa.
    Dizia a nossa Amália Rodrigues o seguinte: antes mal, pessimamente acompanhada, do k só. Partilho (d)a mesma opinião.

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. existe o teu olhar que se finge desatento...

    em busca de palavras.

    abraço Rita

    ResponderEliminar
  10. ~~~
    ~~ Haverá sempre sós sentados,
    observando e meditando sobre os sós que passam...

    ~~~ Um Agosto maravilhoso, bem aproveitado! ~~~

    ~~ Grande abraço. ~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  11. Sós... quantas vezes assim nos sentimos, amiga; e como o seu belo texto expressa bem a solidão que por vezes nos invade! Boa semana, Rita.

    ResponderEliminar