Google+ Followers

terça-feira, 23 de junho de 2015

Saudade

Foto de https://www.facebook.com/#!/JCarvalhoPhotography?fref=ts




Se eu pudesse trazer-te do ocaso

daquela tarde em que sorriste

trazendo o gosta das amoras.
 

Se eu pudesse voltar a amar-te

numa qualquer primavera com perfume de jasmim.
 

Seria talvez a forma

de guardar nas estrelas o teu sorriso de prata,

e mesmo que o outono um dia te levasse,

eu teria o firmamento para te recordar.

 

9 comentários:

  1. ~
    ~~~ M a g n í f i c o!

    ~~~~~~~ B e l í s s i m o!

    ~~~ Dias agradáveis e calorosos.

    ~~~~~~~~~ Beijinho. ~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  2. Rita
    muito belo esse poema que nos fala de saudade, mas, querer é poder.
    gostei muito!
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  3. A saudade é algo que dói,... até um dia em que terminamos a caminhada..

    Que a felicidade ande por aí.
    Beijinho
    MANUEL

    ResponderEliminar
  4. Poema de doce melancolia e beleza e cheio de muito amor 💏 presente no teu coração de poeta,embora fale de ausências.
    Um beijinho e grato pela visita.

    ResponderEliminar
  5. Belíssimo, o poema! De que ausência se vestem os desejos?
    Um beijo, Rita

    ResponderEliminar
  6. Olá, Rita.
    Suave forma de confessar um desejo tão intenso.
    Se pudéssemos voltar atrás, recuperar amores, sorrisos e eternizá-los, de alguma forma...

    bj amg

    ResponderEliminar
  7. Tão deslumbrante, querida Rita!

    Estás bem? Podias ter dito, k já tinhas publicado, pke eu não tenho Painel de Seguidores no meu blogue, mas não é por birra, não. Se quisesse ter, tinha de aderir ao Google+ e eu não pretendo.

    Ai, esta "Saudade", tão presente e tão ausente! Se tu pudesses fazer o tempo recuar, seria sempre primavera na tua boca e no teu olhar.
    "Coisas do arco da velha", k nem o firmamento entende, mas tu, sim, querida poetisa.

    Dias muito felizes.

    Beijinhos, e parece quando te for possível e quiseres.

    ResponderEliminar
  8. tao doce , tao tocante.tão cheio de vontade.
    Gostei, gostei.

    ResponderEliminar