Google+ Followers

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

A NEBLINA






Talvez se enfrentar o medo do desconhecido,
 consiga atravessar a neblina
 aquela que me separa da felicidade
 e me mostra essa embriaguez que me turva a visão.

Daqui,
 de onde estou,
 não tenho certeza de nada
porque os meus olhos não vêem para além da bruma

E caminho nessa distância entre o medo e eu.


12 comentários:

  1. tens de atravessar a neblina, mesmo.

    abraço Rita

    ResponderEliminar
  2. Muito bom. Notei que vez por outra você sempre escreve umas imagens bem contemplativas nos poemas. Bom isso.

    ResponderEliminar
  3. às vezes, é melhor deixar o coração ir à frente

    porque ter a certeza, nós não temos

    um abraço, Rita

    ResponderEliminar
  4. Não acredito no desconhecido, mas tenho medo...o caminho pode ser o errado.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. o medo sempre nos tolhe os passos...e a neblina pode não ser um bom prenúncio...

    beijo

    :)

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, Rita. Quem sabe visitando meu post A BUSCA DO NIRVANA, você não perderá esse medo? Espero tua visita. Meu beijo.

    ResponderEliminar
  7. Rita, um bonito poema sobre a fronteira da neblina e da luz, do medo e do amor, da prisão e da vastidão sonhada da ternura.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Maldita neblina...
    Mas há que enfrentar as dificuldades e avançar.
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Beijo, querida amiga Rita.

    ResponderEliminar
  9. Há sempre um medo do desconhecido, Rita, mas não podemos continuar a caminhar nessa " distância entre o medo " e nós; há que ter coragem para avançar, embora a " neblina " lá esteja a turvar-nos a visão. Não é nada fácil vencer esse medo, mas a cada dia que amanhece devemos tentar ver o sol, mesmo que a neblina continue. Obrigada por este belo momento, amiga. Voltarei, como sempre. Beijinhos
    Emília

    ResponderEliminar
  10. Olá,
    Poema encantador, em tudo existe sempre uma fronteira.

    Abraço

    ag

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde querida amiga

    Amizade é um laço fraterno que vai se conquistando pouco a pouco.
    Amizade é um elo de Amor que vai se fortalecendo dia apôs dia.
    Amizade requer uma sabedoria toda própria, para que ela cresça e amadureça.
    Amizade é um sentimento de Amor que é perseverante nela mesma.
    Amizade é um sentimento fraterno entre duas ou mais pessoas, que fazem de um todo para fazer os seus amigos felizes.
    Muitas vezes deixam de fazer a sua própria vontade para fazer a do seu querido amigo, só para o ver com um lindo sorriso em seus lábios, que na transparência de seu olhar, sentem que este sorriso vem do fundo de seu coração.
    Obrigada por sua amizade.
    Por sua linda presença lá meu cantinho!
    Por seus amáveis comentários.
    Obrigada de todo o coração
    Uma linda tarde para você
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderEliminar