Google+ Followers

domingo, 20 de outubro de 2013

Silêncio



Eu não escrevo o amor
Sinto-o no vento cálido do oceano
Quando a noite desce a encosta em busca do silêncio
E nesse estar só, sem os ruídos do mundo
Canto a música do universo

Ganho essa liberdade de libertar-me
Quando a humanidade dorme esse sono universal


20 comentários:

  1. Olá Rita,
    O silêncio por vezes tem luz...e ouviremos então a música do universo.

    Beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  2. O amor não se escreve...o amor sente-se...da-se...acolhe-se num abraço abraçado e bem apertado para que não fuja. .e nesse silêncio..".nesse estar só " o afagamos e nos aconchegamos nele. Como é bom sentirmos o amor!!!! Beijinho e uma boa semana sempre com liberdade para te libertares.
    Emília

    ResponderEliminar
  3. esse é o silêncio em que ouvimos melhor


    muito bonito, Rita!

    ResponderEliminar

  4. [vasto o universo,

    se rematado palavra a palavra
    como liberdade incondicional.]

    um abraço, Rita

    Lb

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    faz bem em não escrever o amor, este realiza-se e sente-se, o silencio é conselheiro.
    Gostei do que li com enorme significado.

    Abraço silencioso

    ag

    ResponderEliminar
  6. É boa e sublime a sintonia que sentimos com o todo do universo, fora e dentro de nós, ao ouvirmos a música do silêncio.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Momentos assim são equilíbrio, poesia, perfeição...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. escreves, sentes e cantas o amor.

    abraço Rita

    ResponderEliminar
  9. Essa é a hora mágica! Hora em que ouvimos o silêncio...tão generosamente inspirador.
    Abraços.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  10. escreves, escreves o mar...e sentes.
    o mar está entranhado na ilha.
    muito belo.

    :)

    ResponderEliminar
  11. Feliz daquele(a) que encontra forma de comunicar com o universo, de se sentir parte dele...
    Muito bem conseguido, Rita!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  12. Bom dia
    Bom final de semana!!

    O saber a gente aprende com os mestres e os livros.
    A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes.

    _______Cora Coralina


    . (.") .
    . /█\..└──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  13. Mesmo sem o escrever, di-lo de um modo musical!... Gostei.
    abraço.

    ResponderEliminar
  14. Escrever também pode ser sentir.
    O amor ou outro sentimento qualquer.
    Magnífico poema, gostei muito.
    Rita, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Como é bom estar sem os ruídos do mundo. Um mundo que já não fala, mas grita e grita!!!

    ResponderEliminar
  16. Rita,

    É, em tudo há verdade, as coisas se encaminham naturalmente para o bem.

    ResponderEliminar
  17. Hoje quero agradecer por todas as vezes que você me fazer sorrir com tua linda visita em meu blog, por me fazer acreditar que existem pessoas e pessoas…
    Obrigada…
    Simplesmente obrigada…
    Que Deus te abençoe sempre…
    Um lindo final de semana.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  18. Que belo jeito de cantar o amor, Rita! Meu beijo.

    ResponderEliminar
  19. Rita, querida amiga, como já comentei este teu brilhante poema, deixo-te "apenas" o desejo de um bom fim de semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar