Google+ Followers

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Quem és






És tu, vestido de vento e perfumado de mar

Quem faz cair a noite e me perde no destino

Ensinando-me a beleza da solidão


És tu quem pinta o céu de luar

E me oferece o leito onde adormeço

Mergulhada em ti onde nasço


Pudesse eu despir a saudade 


Galgar esse mar

Deixar o perfume da flor que morreu

Na Semente sem chão para nascer


Pudesse eu saber quem és

E amar para não sofrer

Ou sofrer para não amar

8 comentários:

  1. Olá,
    Lindo poema escrito com enorme sentimento, é uma composição magnifica.
    Quem és?

    Abraço

    ag

    ResponderEliminar
  2. Boa noite!!
    Passando para deixar um elogio mais uma vez pela
    beleza escrita aqui
    Abraços de bom final de semana
    Bjuss
    __________Rita!!!!

    ResponderEliminar
  3. Vamos viver o hoje,
    deixar o ontem e o amanhã,
    vamos construir hoje a felicidade,
    a paz, a harmonia, o amor,
    vamos deixar hoje que brilhe a
    luz que todos temos dentro de nós,
    para que se o amanhã existir possamos colher seus frutos,
    mas não esqueçamos que se houver amanhã,
    esse amanhã deverá ser vivido como um hoje
    e não como um ontem, nem como um amanhã.
    Tarefa difícil esta, eu sei,
    eu própria vivo dizendo a mim mesmo que o ontem já foi ,
    e o amanhã ainda não chegou.
    Que a Glória de Deus repouse sobre sua vida
    Hoje e Sempre .
    Que todas as promessas de Deus
    sejam Vitória e Vida para você.
    Que Deus faça prosperar tudo aquilo que
    vier até tuas mãos, e que de uma semente
    cresçam milhares de árvores frutíferas.
    Que seu Domingo seja de amor e infinita paz.
    Um abraço e beijos na sua alma.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  4. Minha querida

    Um poema pelo de amor e entrega que adorei ler como sempre.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  5. Ou amar e sofrer ainda mais...
    Porque o amor rima com dor.
    E o mar deve esmagar, quando é a ilha que nos cerca...
    Magnífico poema, gostei muito das tuas palavras.
    Rita, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. sentido e muito nostálgico.

    amar sem sofrer acho que não é possível...

    gostei!

    :)

    ResponderEliminar
  7. Lindas fotos, as do teu blog. GOSTEI

    http://photoessencia.blogspot.com/

    ResponderEliminar