Google+ Followers

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

E a vida passou






E a vida passou no silêncio do tempo,

no culto perfeito da ética hipócrita
E envelhecem-se as crianças
E despem-se as memórias

E a vida passou como sombra suave na praia
Passou na canção das marés
Onde se encantam as baleias
Onde se desnudam as almas

E passou transfigurada na carne
Num cavalo à solta
Em busca dos deuses

19 comentários:

  1. mas não deixes de a agarrar (a vida)...

    é ela que faz a diferença.

    abraço Rita

    ResponderEliminar
  2. E a vida passou e vai continuar a passar, através de tudo, do melhor e do pior, mas passa e
    sabendo como Ela é eu me prendi...e um dia...ela me deixa e eu morro...mesmo sabendo isso, a continuo a amar!

    Lindo...Maria Luísa

    ResponderEliminar
  3. A vida passa e não fica mesmo.
    Por isso, temos que a aproveitar.
    Rita, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia de domingo!

    A beleza de tudo isso é o poder
    das suas mãos que faz toda diferença
    Parabenizo, elogio e deixo um abraço
    com todo meu carinho,pelo belo poema
    Bjuss
    Rita!!

    ResponderEliminar
  5. E o caminho é esse,,,temos que estar atentos...a vida passa e nem percebemos...beijos e uma bela semana pra ti.

    ResponderEliminar
  6. A vida passa, e não deixamos nunca de procurar o Sentido.. Mas há que fazer com que ela passe da melhor forma...!

    beijo, bom domingo!

    ResponderEliminar
  7. a vida passa, mas nós temos de a saber viver.
    belo poema, sem dúvida.
    a foto muito boa também.
    boa semana.
    beijo

    ResponderEliminar
  8. Ela sempre passa, mas nos deixa grandes e belas lembranças. Não extingue os sonhos, passa, tão somente, a alimentá-los com outros ideais. Bjs.

    ResponderEliminar
  9. nem os encantadores de baleias

    param a vida, a vida, Rita

    um abraço

    ResponderEliminar
  10. Como se o cavalo à solta, passando à procura dos deuses, quisesse levear-lhes que recado sobre o modo como o tempo vai passando e ficamos nús à beira das ondas do mar...Lindo poema, com tristeza e nostalgia.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  11. A vida passa como sombra que faz as marés e os cantos monocórdicos das baleias.

    É um presente que se esfuma de crianças envelhecidas e de feridas não saradas.

    ResponderEliminar
  12. Minha querida

    A vida passa e deixa as lembranças do que fomos e vivemos.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  13. Não há morte

    nem princípio

    no ciclo das marés

    ResponderEliminar
  14. E quando passa, a vida deixa marcas materiais e imateriais. Um abração.

    ResponderEliminar
  15. muito esbelto, o seu poema!

    Beijinho para si!

    ResponderEliminar
  16. ♥♥Final de ano se aproximando
    Muito trabalho, correria, com
    presentes, fazer a ceia em família
    e ainda da um tempinho de vim deixar
    um abraço pelo belo post
    Sei que meu tempo é curto, mas meu carinho é enorme ...Bjuss
    Rita!!!!♥♥

    ResponderEliminar
  17. A verdade, é que a vida sempre passa, pelo menos esta vida, depois não sei.
    Por hora, temos de saber contornar os obstáculos, perceber as perdas, as não realizações.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. OI RITA!
    UMA CONSTATAÇÃO DOLORIDA, A VIDA PASSOU E O QUE FIZEMOS DELA ?
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderEliminar
  19. Antes que a vida passe, precisamos passar por ela para saber o que é a vida. Um abração.

    ResponderEliminar