Google+ Followers

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Sem Mudança










Sinto-me igual, sem a mudança latente dos tempos,  embebida da vã sabedoria dos homens que me provoca um orgasmo mental, e da fútil sensação de beleza falsa,  neste pedaço de mundo que não pedi.

Talvez sinta apenas aquela leve melancolia, justificada pelos fins de tarde,  apesar de cúmplice da minha existência.

Sinto-me igual a mim, menos céptica talvez, de tanto ver a metamorfose que faz nascer as borboletas.

Será talvez por não pedir mais pedaços de mundo,  que me acomodo na paz da minha essência,  e tento desse lugar, apagar o meu nome?

Quem sabe se dormir, no meu corpo sem idade...

17 comentários:

  1. Todos nós nos sentimos assim, uma vez que outra, mas depois há algo que nos mostra o porquê de cá andarmos.
    Gostei muito deste poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Há sempre algo que muda...por mais pequeno que seja!

    Gostei muito!

    Beijo
    Sónia

    ResponderEliminar
  3. a essência de um lugar em nós

    isso é estar em paz

    um abraço

    ResponderEliminar
  4. Igual a ti própria, portanto.
    Gostei da maneira como o disseste.
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
  5. não nos podemos acomodar...

    beijinhos Rita

    ResponderEliminar
  6. A ausência de mudança é apenas uma sensação, quando a rotina nos oprime. E a falta de beleza está na forma de olhar, na obscuridade que colocamos nas coisas, pessoas, sentimentos... Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Parece-me que todos estamos aí nesse tempo de procura da paz em nós
    A vida vai abrindo clareiras nos nossos caminhos e as caminhadas são o tempo que temos neste hoje e agora.

    ResponderEliminar
  8. Olá Rita,

    Sinto-me assim...totalmente identificada com o texto..

    Bjos

    ResponderEliminar
  9. "Seja a mudança que você quer ver no mundo."

    Dalai Lama

    Gosto das tuas reflexões. Beijinho, Rita :)

    ResponderEliminar
  10. A poesia vai além da metamorfose, linda poesia! abraços

    ResponderEliminar
  11. Uma eterna busca de paz nesses nostálgicos versos amiga....beijos e uma bela noite pra ti...boa quinta feira...

    ResponderEliminar
  12. Um belo feriado pra ti minha amiga...beijos.

    ResponderEliminar
  13. La carretera del mas allá, excelente foto!!Saludos

    ResponderEliminar
  14. Uma das grandes bênções da vida
    é a experiência que os anos vividos nos concebem.
    Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.
    mais uma janela e abre diante dos meus olhos,
    mais um espinho foi retirado da flor,
    restando somente a beleza de tão bela data.
    Com fé, na esperança e no empenho por ser melhor a cada dia.
    Seguindo pelos caminhos da verdade e do amor.
    Um dia encontrarei o mais belo jardim, o jardim que representará a realização
    dos meus maiores sonhos.
    Com saudades .
    desejo um feliz final de semana
    venha curtir meu aniversário.
    Beijos na sua Alma,Evanir.

    ResponderEliminar
  15. Tudo muda...ainda que ás vezes não se perceba a mudança... Até a poesia fica com outra rima.
    Beijo amigo.
    Graça

    ResponderEliminar