Google+ Followers

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Espera


Fotografia de https://www.facebook.com/#!/JCarvalhoPhotography


 
Talvez se eu esperar o tempo parar

Tu chegues com o sol no olhar

E eu exista na tua pele

Ainda que enrugada por marcas de vida


Mas,

 todos os dias na hora marcada

Procuro respostas de ti na areia

E deito-me despida, vazia, caída

Alheia que estou à próxima maré



Lancei raízes pelo oceano

E só para ti nasceram as rosas



 
 
 

17 comentários:

  1. os relógios param, mas o tempo continua a avançar, sempre, Rita.

    por isso, segue o tempo.

    abraço

    ResponderEliminar
  2. o tempo passa e as rosas voltarão a florir.....

    :)

    ResponderEliminar
  3. Tão bonito, Rita! Aquela melancolia de que eu gosto:)

    Bj

    ResponderEliminar
  4. Quem espera, sempre alcança.
    Ou desespera...
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Tem um bom resto de semana, querida amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. A espera. A ausência. O amor que se deseja. Muito belo, o poema.
    Um beijo, Rita.

    ResponderEliminar
  6. E o tempo não pára, amiga; ele segue o seu ritmo certo como aquele comboio que não pára de passar de estação em estação, sem se preocupar se todos entram ou não. Sempre esperamos alguma coisa, mas nessa espera temos de seguir, por mais enrugados" por marcas da vida " por mais alheados que estejamos " da próxima maré. Um dia o tempo vai parar para nós, o comboio parará definitivamente na última estação e a espera chegará ao fim. Lindo como sempre, Rita. Um beijinho e até sempre
    Emília

    ResponderEliminar
  7. Rita,
    Acho que as considerações ficariam aqui mal, as palavras que escreveu apenas pedem que as deixem respirar. É o que estou a tentar fazer.
    Gostei muito!!!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  8. Bom dia de domingo!

    Eu Aprendi
    Que são os pequenos acontecimentos
    diários que tornam a vida espetacular;
    Que cada pessoa que a gente conhece
    deve ser saudada com um sorriso!

    ___________William Shakespeare

    Abraços de uma boa semana

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  9. Mas

    não sei acrescentar mais nada, apenas a sucessão das marés


    um abraço, Rita

    ResponderEliminar
  10. Profundamente lírico, Rita... e belo! Boa semana.

    ResponderEliminar
  11. Profundamente lírico, Rita... e belo! Boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Esse lançar raízes pelo oceano é uma tentativa de cercar o amor por todos os lados, para que não fuja. Meu beijo.

    ResponderEliminar
  13. Esse lançar raízes ao oceano é uma tentativa de cercar o amor por todos os lados, para que não fuja. Meu beijo.

    ResponderEliminar
  14. Minha querida

    Um poema que é um hino à poesia. adorei e deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  15. Reli e voltei a ficar encantado com as tuas palavras.
    Bom resto de semana, querida amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. As raízes da espera...
    Poética espera...

    Tão lindo, Rita!
    Deixo um beijo.

    ResponderEliminar
  17. Um poema para se ler e reler e guardar no coração! Lindíssima inspiração! Bjs de luz!
    z!

    ResponderEliminar