Google+ Followers

quarta-feira, 28 de maio de 2014

AMOR


Porque um dia serei pó na brisa salgada

Que me leve o vento

 na primavera,

Que ouçam os pássaros

 o meu canto,

Entoem os sinos

 a ave maria,

E eu nascerei desse pó salgado

Sorrirei nas flores do teu jardim

Falarei nas ondas da tua praia

E se um dia cantarem as sereias

Saberás que vivo eternamente

13 comentários:

  1. que ouçam os pássaros, este seu canto


    um abraço, Rita

    ResponderEliminar
  2. Um amor que te transforma em sereia... gostei da ideia.
    E o poema é óptimo.
    Bom resto de semana querida amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Minha querida

    Quem escreve assim...viverá eternamente nas palavras que deixa. Lindo.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  4. O amor viverá sempre. Que os pássaros cantem e os sinos dobrem.
    O pó salgado faz parte da nossa passagem que o vento arrasta. E depois renasceremos sempre ...

    ResponderEliminar
  5. e que a sereia entoe sempre seu (teu) canto....

    :)

    ResponderEliminar
  6. Felizes os que morrem as vezes que querem até nascerem sem dor... Este poema é muito belo.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  7. I am genuinely glad to read this weblog posts which carries tons
    of valuable data, thanks for providing these kinds of data.



    Stop by my website; minecraft gift code generator

    ResponderEliminar
  8. Para o verdadeiro amor se renasce sempre. Bjs.

    ResponderEliminar
  9. I’m not that much of a online reader to be honest but your blogs really nice, keep it up!

    I'll go ahead and bookmark your website to come back down the
    road. Many thanks

    My blog post: briana lee nude

    ResponderEliminar
  10. um cântico etéreo ao que nos transcende para lá do tempo, para cá das palavras; a eternidade que se faz projeção plena do verso.

    beijinho, rita!

    ResponderEliminar
  11. Viverás, Rita! Porque a Vida prossegue pela Eternidade, para aqueles capazes de ouvir o canto das sereias. Belo texto, bela imagem; boa semana!

    ResponderEliminar
  12. Reli o teu magnífico poema.
    E gostei de o fazer, porque encontrei novos pormenores que me encantaram.
    Boa semana, querida amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar