Google+ Followers

terça-feira, 15 de abril de 2014

Desencontros

Fotografia de https://www.facebook.com/#!/JCarvalhoPhotography



Esta arte de perder-me nos cruzamentos

É a arte do desencontro


Desencontrei-me no cruzamento de vidas

Mesmo quando te encontrei na berma de um sonho

 

Carente que estava de sentir


Voltei ao labirinto perdendo-me entre a morte e a vida

Inseparável que estava da solidão



Talvez cure as asas feridas


E me encontre desses desencontros

 Nos meus castelos de mar






18 comentários:

  1. A foto de cabeçalho é magnífica!

    O post está muito harmonioso entre a fotografia e o texto.

    mesmo por caminhos desabridos, acabamos sempre nos encontrando...

    Saudações

    ResponderEliminar
  2. é, a vida parece mais propícia a desencontros que a encontros...

    parece.

    abraço Rita

    ResponderEliminar
  3. Os encontros e desencontros cruzam-se sempre, na mesma estação...

    bjos

    ResponderEliminar
  4. Em Abril
    os cravos vermelhos
    voam
    nas asas das papoilas

    Bj

    ResponderEliminar
  5. nos castelos de mar, talvez encontre a menina, o rapaz, o polvo, o caranguejo e o peixe


    para ir ao encontro, outra e mais uma vez


    uma feliz Páscoa, Rita!

    ResponderEliminar
  6. Poema lindíssimo este do teu encontro com os desencontros em que procuras sempre encontrar-te e resgatar-te no regaço das espumas do sonho.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. A vida é feita de encontros e desencontros, uns fazem-nos voar e outros deixam-nos, em terra, de asas feridas... Resta-nos lamber as feridas e seguir em frente no encalço da luz...
    Obrigada pelo carinho Rita :) Desejo-lhe uma Santa e Feliz Páscoa para si e os seus!

    ResponderEliminar
  8. talvez seja uma catarse para todos os momentos....

    :)

    ResponderEliminar
  9. São tantos os desencontros que ocorrem durante as nossas vidas, que um dia acaba por haver mesmo um encontro.
    Muito linda, a foto.

    Uma doce e feliz PÁSCOA.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde,
    É lindo o que escreveu, a vida perdia o interesse se tudo fosse perfeito.
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. É sempre bom aportarmos ao descanso da alma... Precisamos de arranjar as asas e nos recompormos...

    Beijo amigo

    ResponderEliminar
  12. Minha querida

    Hoje passando para desejar uma Feliz Páscoa , plena de amor e paz, junto de todos que te são queridos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  13. Todo desencontro gera encontros nessa vida. Meu beijo.

    ResponderEliminar
  14. "Tantas vezes me perdi dentro de mim. Tantas vezes me encontrei sem me esperar..."
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Voa, porque o voo também cura feridas...
    Magnífico poema, gostei muito.
    Rita, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. desencontros, novelos de caminhos, pés e passos modelizados pelo tempo que hoje é, amanhã talvez...

    beijinho, rita!

    ResponderEliminar
  17. Os desencontros produzem encontros.
    Gostei do seu poema.
    Bj. e desejo que esteja bem.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  18. Bom dia, Rita
    Hoje estou passando para desejar um muito feliz Dia da Mãe.

    Beijinhos

    ResponderEliminar