Google+ Followers

segunda-feira, 26 de março de 2012

ESPELHO

https://www.facebook.com/JCarvalhoPhotography



Vejo nesse espelho a meretriz das docas
Nesse corpo que sobreviveu ao abismo
Com sinais de estupido divertimento

Nele se fez portos de abrigo
De marinheiros perdidos em tempestades
Fazendo esta  fria estátua de pele
Moldar-se na contraluz do tempo

Nele reflete os meus olhos sem luz
Numa mascara de cal pincelada pela maresia

segunda-feira, 19 de março de 2012

Pai







Quero escrever sobre ti, pai, talvez sobre a saudade escondida, talvez sobre a resignação de apenas te recordar


Quero escrever sobre ti, pai, talvez sobre esta tristeza camuflada de querer esconder um remorso injustificado


Talvez escrever o que nunca escrevi, talvez chorar nas palavras,…não sei


Quero escrever para ti…talvez só para te dizer que vives em cada palavra que ainda escreverei sobre ti…


sábado, 17 de março de 2012

SENTIR



https://www.facebook.com/JCarvalhoPhotography



É um estado de Ser e de sentir…
Sentir o paraíso inexpugnável
E caminhar em direcção a um Deus maior

É a sensação de ligação ao todo
Ligação a uma energia pura e una,
E nada é separado de nada

A unicidade é manifesta
No sentir a terra, no sentir o céu
No sentir a cor púrpura do sol
No sentir a mente dos homens

Mergulhada na profunda ilusão
Da separação aparente
É levantar o véu que cobre a visão
E deixar o mundo encantado das ilusões

É sair do sonho insano das cegueiras
E escolher a vida para além da vida
É sair do sonho passageiro do mundo finito
E mergulhar no oceano infinito da alma
E sentir, sentir…







quarta-feira, 7 de março de 2012

MULHER



Mulher, deusa do amor neutro,
Vénus surgida na concha de madrepérola
Gerada pelas espumas brancas do mar
Meretriz do destino efémero

Deusa do erotismo e da beleza
Divindade da reprodução  
Por ti os poetas choram
Por ti os artistas criam

Mulher de olhos distantes
De corpo esculpido em areias movediças
Mulher de homens insaciados

Por ti os filhos nascem e as flores brotam
Por ti Gaia chora…


Mulher, que alumias o altar dos homens...